Lionel Messi é disparado o atleta mais bem pago do futebol mundial, conforme informou a revista "France Football". O craque do Barcelona e da seleção argentina tem receita superior a 100 milhões de euros (R$ 417 milhões) na temporada.

As receitas de Messi turbinaram após renovação de seu contrato com o Barça, efetuado em janeiro deste ano.Segundo os termos do contrato, Messi passou a receber mais de 70 milhões de euros (85% em salário e 15% em direito de imagem), aos quais serão somados um bônus pela assinatura do contrato no valor de 63.5 milhões de euros, além de um "bônus por lealdade" de 70 milhões de euros, este último caso não deixe o clube antes do final do contrato, em 2021.

A revista francesa destaca que pela primeira vez desde que passou a fazer levantamento (há 20 anos), um atleta recebe mais de 100 milhões de euros por temporada.

O "France Football" não apresenta os valores exatos de Messi e os demais atletas, mas informa que também estão no topo dos mais bem pagos os jogadores Cristiano Ronaldo, Neymar, Ibrahimovic e Iniesta.

Os atletas de futebol chegaram a um patamar salarial compatível a esportes que costumam pagar mais a suas estrelas, como o boxe e basquete. Os jogadores "top" se aproximam de salários do astro da NBA, LeBron James, e do pugilista Floyd Mayweather. (Folhapress)

 

Fonte: Noticias Ao Minuto

O CEO do Barcelona, Oscar Grau, anunciou que o clube vai oferecer um contrato vitalício para a principal estrela do time, Lionel Messi. A declaração ocorreu neste sábado (21), quando os administradores do time respondem questões de sócios. O cartola fez a revelação ao ser provocado por um torcedor que pedia ao argentino o mesmo tratamento que foi dado a Iniesta.

"Messi renovou por quatro anos, mas o clube oferecerá um contrato por toda a vida",afirmou o CEO.

O argentino está no Barcelona desde os 13 anos. Ele passou pelas categorias de base e estreou no time principal com 16 anos. O jogador é a principal estrela de uma das fases mais vitoriosas da equipe. Como marcas individuais, conquistou cinco bolas de ouro é entrou para a lista dos maiores da história do futebol. Com informações da Folhapress.

 

Fonte: Noticias Ao Minuto

 

Cristiano Ronaldo faturou nesta quinta-feira (24) o prêmio de melhor jogador da Europa na temporada 2016/17. O atacante do Real Madrid superou o argentino Messi, do Barcelona, e italiano Buffon, da Juventus. Essa foi a terceira vez que o astro português levou o troféu.

Na última temporada com o Real Madrid, CR7 conquistou a Champions e o Campeonato Espanhol.

“Estou feliz e honrado por ganhar esse troféu de novo. Tenho que agradecer aos meus companheiros, estou feliz por eles. Também agradeço à minha seleção. Sei que não conseguimos o troféu esse ano, mas eles me dão motivação para trabalhar duro. Estou muito feliz. Agradeço aos torcedores do Real Madrid e a todos que me ajudaram a ganhar esse troféu. Estou muito feliz”, disse Cristiano, durante a cerimônia que também sorteou os grupos da próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

 

Fonte: Noticias Ao Minuto

A maré do Barcelona não parece estar boa. Depois de perder Neymar e não conseguir, até o momento, contratar um substituto à altura, agora o clube catalão pode correr o risco de se despedir da sua maior estrela de todos os tempos: Messi. 

De acordo com a emissora Canal Plus (C+), o Manchester City, de Pep Guardiola, volta a ser cogitado como destino do craque argentino. Segundo a publicação, o clube inglês estaria disposto a pagar a cláusula de 300 milhões de euros (equivalente a R$1,11 bilhão) para ter o ídolo blaugrana. 

O rumor ganhou ainda mais força na última sexta (18), quando o presidente do City, Khaldoon Al Mubarak, anunciou que faria a contratação mais cara da história dos Citizens, mas sem citar nomes. Vale lembrar que Messi ainda não assinou de fato sua renovação até 2021 com o Barcelona, mesmo com o acordo anunciado em 05 de julho deste ano. 

Trazendo tudo o que acontece de mais importante no futebol internacional, o programa Melhor Futebol do Mundo vai ao ar no Esporte Interativo, de segunda a sexta, às 14h30.

 

Fonte: Esporte Interativo

A Suprema Corte da Espanha negou recurso apresentado por Lionel Messi e ratificou uma condenação de 21 meses de prisão para o craque do Barcelona por fraude fiscal, segundo relatos dos principais jornais espanhóis. O pai e empresário do jogador, Jorge Horácio Messi, teve sua pena reduzida de 21 para 15 meses de detenção. Os dois também foram multados em 2 milhões de euros (cerca de 7 milhões de reais) em uma decisão de julho do ano passado.

No entanto, é esperado que nem Messi nem seu pai sejam presos, já que, de acordo com a lei espanhola, sentenças menores a dois anos de pena podem ser cumpridas em liberdade por pessoas sem antecedentes criminais.

Messi e seu pai e agente são acusados de fraudar o fisco espanhol em 4,16 milhões de euros (cerca de 17 milhões de reais). Pouco antes de viajar aos Estados Unidos para a Copa América Centenário de 2016, o craque do Barcelona depôs na Espanha e disse que jamais tomou conhecimento de qualquer irregularidade.

“Eu me dedicava a jogar futebol, confiava no meu pai e em meus advogados e não tinha ideia de nada”, afirmou Messi, reafirmando discurso similar usado pela sua defesa no início da investigação em 2013. “A única coisa que sabia é que assinávamos acordos com determinados patrocinadores, por uma quantidade determinada de dinheiro e eu tinha de fazer anúncios, fotos e coisas do tipo, mas sobre o dinheiro e para onde ia eu não sabia nada.”

Pai e filho são acusados de cometer evasão fiscal entre 2007 e 2009, com a utilização de uma série de empresas no Reino Unido, na Suíça, em Belize e no Uruguai para receber os direitos de imagem, evitando assim o pagamento de impostos. Durante esses anos, Messi assinou contratos de patrocínio com marcas como Adidas, Konami, Pepsi e Danone em nome de uma empresa no Uruguai, Jenbril, que pertencia a ele e à qual cedeu a gestão de seus direitos.

De acordo com o jogador, o emaranhado de empresas foi elaborado por um escritório de advocacia de Barcelona que prestava assessoria à família na área fiscal e que mantinha contato apenas com seu pai. “Eu confiava nele e os advogados nos diziam que fizéssemos desta maneira”, disse, na ocasião.

 

Fonte: Veja

Receba nossa Newsletter


Para assinar nossa newsletter e você receber informações sobre as Promoções e novidades na Rádio RCN, basta digitar seu e-mail abaixo e pressionar o botão "Enter" do teclado.

 55 79 9 8141-3985