Alisson Costa

Alisson Costa

Após o entendimento do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de que os trabalhadores dos Correios poderão ter cobrança de mensalidade em planos de saúde, os sindicatos do Acre, Espírito Santo, Maranhão e Mato Grosso do Sul decidiram suspender greve iniciada na noite do último domingo. A previsão é de que as atividades sejam retomadas hoje, mas o estado de greve permanece, segundo informações da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).

O Sindicato dos Trabalhadores dos Correios do Rio de Janeiro (Sintect-RJ) decidiu em assembleia na manhã desta terça-feira manter a greve, e fazer nova reunião na quinta. Os funcionários de São Paulo, Região Metropolitana de São Paulo e Zona Postal de Sorocaba (Sintect-SP) se posicionarão na quarta.

A recomendação da Fentect é de que os sindicatos mantenham a paralisação, e que façam reuniões sobre o assunto no período da tarde. A instituição considerou a decisão do TST como absurda, e discute com o departamento jurídico que medidas tomar.

A principal reivindicação dos trabalhadores é em relação a mensalidades e inclusão de dependentes no plano de saúde. O argumento é de que os salários são em média os mais baixos dentre os servidores de empresas públicas e estatais (1.600 reais) e que os custos podem chegar a 900 reais, dependendo da idade do trabalhador.

Na segunda, o TST considerou válida a cobrança de mensalidade entre 2,5% a 4,4%, dependendo do salário do colaborador. O tribunal também alterou a forma de cobrança da cobertura de cônjuges e dependentes. A partir de agora, eles vão contribuir com um porcentual que varia de 35% (filhos) a 60% (cônjuge) sobre a mensalidade do empregado.

Os trabalhadores protestam também contra alterações em cargos e salários, terceirização de serviços, a possibilidade de privatização da empresa, problemas referentes a benefícios, o fechamento de agências e a favor da contratação de mais funcionários. Na avaliação do Sintect-SP, há um déficit de 4.000 carteiros só na capital paulista. O último concurso público foi realizado em 2011. Outra reclamação é de que a extinção do cargo de operador de triagem, anunciada em janeiro, vai sobrecarregar outras funções.

 

Fonte: MSN

“Pantera Negra” alcançou, nesta terça-feira (13), a 20ª posição na lista de maiores bilheterias mundias da história do cinema.

O último longa da Marvel arrecadou no total, desde a sua estreia, 1,089 bilhão de dólares nas bilheterias ao redor do mundo, o que o coloca entre as 20 maiores da história.

O filme com a maior arrecadação da história é “Avatar”, com 2,788 bilhões de dólares.

Já nos Estados Unidos, “Pantera Negra” está na 7ª posição das maiores bilheterias da história, com 561 milhões de dólares arrecadados só no país.

No Brasil, o filme arrecadou o equivalente a 25,1 milhões de dólares desde sua estreia em 15 de fevereiro.

(Via BoxOfficeMojo)

 

Fonte: PapelPop

Tá chegando, gente!

Na última segunda-feira (12), Tinashe anunciou quando seu novo álbum, “Joyride”, será lançado.

O anúncio foi feito de uma maneira um tanto discreta, quando um fã fez um comentário em um post da cantora na Instagram perguntando sobre o disco.

Tinashe respondeu dizendo que o álbum chegará no “próximo mês”.

Desde o início do ano, Tinashe vem lançando novos singles que farão parte do no novo disco.

O primeiro foi “No Drama” e o segundo foi “Faded Love”. Os dois já possuem clipes.

Ansiosos?

 

Fonte: PapelPop

Desde o início do jogo, os torcedores que assistiam ao clássico pelo Paulista entre Palmeiras e São Paulo, no Allianz Parque, percebiam que era uma questão de tempo sair o gol do time da casa, que sufocava o adversário.

Percepção correta.

Aos nove minutos de partida, a sexta vitória alviverde em seu estádio começou a ser construída. O zagueiro Antonio Carlos, com uma marcação frouxa da zaga são-paulina, fez de cabeça após cobrança de escanteio.

O São Paulo, que já perdeu os clássicos para o Corinthians e para o Santos neste Paulista, não reagiu.

O time alviverde, com a maioria dos seus jogadores no campo do adversário e com os laterais sempre no apoio, continuou frequentando a área do rival com bastante tranquilidade.

Aos 33 minutos de partida, a zaga do São Paulo falha de novo. O lateral Eder Militão errou a saída de bola.

Em poucos toques, o Palmeiras consolidou sua vitória.

A escrita continua. O Palmeiras nunca perdeu nenhum ponto sequer para o São Paulo em seus domínios desde que o Allianz Parque foi construído.

A jogada do segundo gol teve início com uma invertida de bola, que chegou para Lucas Lima. O meia disparou um voleio, interceptado pelo goleiro Jean. No rebote, o artilheiro do Paulista Borja fez o sexto dele na competição.

Mais uma vez, a finalização saiu do meio da zaga, que não conseguiu impedi-la.

O silêncio dos jogadores do São Paulo na saída para o intervalo era sintomático. Assim como o mapa dos chutes a gol dos primeiros 45 minutos do clássico.

O Palmeiras acertou cinco vezes o gol adversário. Duas vezes a bola entrou. Outras duas finalizações passaram perto da trave e foram fora.

Do lado do São Paulo, nenhuma finalização chegou ao gol de Jaílson. Os dois chutes ao gol alviverde foram dados de longe, de fora da área, pelo peruano Cueva.

Sem saber direito o que fazer com a bola, o meio do campo do São Paulo não criou uma jogada de perigo durante a primeira parte.

Na volta do intervalo, o sinal claro do que havia sido os primeiros 45 minutos.

Dorival Júnior, que sabe que está pressionado no comando do time porque não consegue fazer ele jogar bem, trocou três peças da sua equipe de uma vez. Pensando em, pelo menos, tentar atacar.

Saíram Hudson, Marcos Guilherme e Brenner. Para as entradas, respectivamente, de Shaylon, Nenê e Trellez.

O atacante colombiano do lado são-paulino, finalmente, conseguiu oferecer o primeiro perigo ao gol do Palmeiras, aos seis minutos segundo tempo. De primeira, ele acertou o travessão.

Com as mudanças, o São Paulo melhorou um pouco, pelo menos, no quesito de chegar próximo ao gol adversário. Mas outro problema sintomático da equipe nos últimos jogos voltou a aparecer: os frequentes erros de finalização.

Com o resultado favorável, o Palmeiras esperou o São Paulo para contra atacar. A equipe dirigida por Roger Machado foi até mais perigosa e poderia ter feito uma goleada, como tem sido praxe contra o São Paulo em casa.

Aos 37 minutos de jogo, Borja marcou. Mas a arbitragem assinalou impedimento.

PALMEIRAS

Jailson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins, Victor Luís; Felipe Melo (Thiago Santos), Bruno Henrique (Moisés), Lucas Lima; Willian (Scarpa), Borja, Dudu. T.: Roger Machado

SÃO PAULO

Jean; Militão, Arboleda, Rodrigo Caio, Edimar; Petros, Hudson (Shaylon), Cueva, Valdívia; Marcos Guilherme (Nenê); Brenner (Trellez). T.: Dorival JúniorEstádio: Allianz Parque, em São Paulo

Juiz: Flávio Rodrigues de Souza

Público: 34.916

Renda: R$ 2.302.301,06

Cartões amarelos: Victor Luís, Felipe Melo, Bruno Henrique e Thiago Martins (Palmeiras); Marcos Guilherme, Hudson, Petros e Shaylon (São Paulo)

Gols: Antônio Carlos, aos 9min, e Borja, aos 31min do primeiro tempo

Com informações da Folhapress.

 

Fonte: Noticias Ao Minuto

Vai malandra, an an!

A plataforma de streaming Deezer fez um levantamento entre seus usuários e descobriu que Anitta é a dona da canção mais tocada entre o público acima dos 60 anos: “Vai Malandra”.

Dentro do levantamento, os gêneros preferidos das pessoas nessa faixa etária são sertanejo (60%), pop (20%), forró eletrônico (10%) e funk (10%).

Anitta lidera a preferência dos hits, e, além dela, no TOP 10 só vemos nomes do sertanejo e forró, e apenas uma cantora gringa: Camila Cabello e seu mega hit “Havana”.

Confira a lista das 10 músicas mais ouvidas pelo público 60+ no Deezer:

1. Anitta – “Vai Malandra”
2. Wesley Safadão – “Ar-Condicionado no 15”
3. Camila Cabello – “Havana”
4. Gusttavo Lima – “Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La)”
5. Marília Mendonça – “Amante Não Tem Lar”
6. João Neto & Frederico – “Cê Acredita”
7. Maiara & Maraísa – “Sorte Que Cê Beija Bem”
8. Simone & Simaria – “Regime Fechado”
9. Marília Mendonça – “De Quem É A Culpa”
10. Anitta – “Downtown”

(Via Metrópoles)

 

Fonte: PapelPop

00000000000000000000

TV Câmara AO VIVO...

Receba nossa Newsletter


Para assinar nossa newsletter e você receber informações sobre as Promoções e novidades na Rádio RCN, basta digitar seu e-mail abaixo e pressionar o botão "Enter" do teclado.

 55 79 9 8141-3985

001artis.jpg